quinta-feira, 7 de abril de 2011

A FORÇA DOS VENTOS

Jacqueline Aisenman





Um vento que vem
do sul
do nordeste
do leste
um vento que vem
que balança os cabelos
que derruba os varais
que levanta ondas no mar...
um vento que vem
e refresca o calor dos dias
e atiça o humor mais calmo
e enfeitiça o ser que passa...
um vento que vem
que vai
que é frescor ou ventania
alivia ou vira furacão...
um vento, dois ventos, três ventos...
e uma barra sedenta se banhando no mar
e um mar sequioso se jogando na areia
e um farol alertando
o barco que vem
o pescador que se aventura...
vai lá
não vai
vai lá
não vai
vem cá...

(Foto de Maurício Drunn, Praia da Tereza)

3 comentários:

Anônimo disse...

Lindos!Poema e imagem! Parabéns!
Bj da Fatima

Márcio Rodrigues disse...

O vento me fascina tanto, que às vezes, quando quero escrever, ele sempre se infiltra no meio das letras e acaba aparecendo no texto.
Só a Tereza para saber tanto de ventos.
Marcio

J.machado disse...

Oi Jacque, este nosso mar sempre inspirando os poetas! Este teu poema me levou lá na Ponta da Barra. Como é bom voar!
abração